CRIANÇAS AUTISTAS: PREVALÊNCIA ELEVADA DE SINTOMAS GASTROINTESTINAIS. 

CRIANÇAS AUTISTAS: PREVALÊNCIA ELEVADA DE SINTOMAS GASTROINTESTINAIS. 

FRATURAS NA CRIANÇA: ESTAMOS FICANDO MAIS CIRÚRGICOS?
22/08/2023
DIAGNOSTICO DO AUTISMO POR NÃO ESPECIALISTA. 
23/08/2023
FRATURAS NA CRIANÇA: ESTAMOS FICANDO MAIS CIRÚRGICOS?
22/08/2023
DIAGNOSTICO DO AUTISMO POR NÃO ESPECIALISTA. 
23/08/2023

Este estudo abordou a prevalência de sintomas gastrointestinais (GI) em crianças e adolescentes com Transtorno do Espectro Autista (TEA). O objetivo da pesquisa foi estimar a prevalência de forma mais precisa.

A metodologia incluiu uma metanálise seguindo as diretrizes PRISMA e uma busca sistemática por estudos clínicos e observacionais recentes publicados desde agosto de 2012 no PubMed. Entre 91 artigos examinados, apenas 8 preencheram os critérios de inclusão. A prevalência dos sintomas GI variou de 0% a 69%, com uma prevalência geral estimada de 33% (IC 95%: 13-57%). Essa estimativa é mais alta do que a encontrada em estudos anteriores com a população pediátrica em geral. A discrepância é ainda mais acentuada ao considerar os estudos que usaram a versão pediátrica do questionário ROME III (QPGS-ROME III).

Em conclusão, os resultados confirmam a hipótese de uma maior prevalência de sintomas gastrointestinais funcionais em crianças e adolescentes com TEA quando comparados com indivíduos neurotípicos.

Fonte: Prevalência de sintomas gastrointestinais no transtorno do espectro autista: uma meta-análise – ScienceDirect

doctorhub.com.br

Comments are closed.