VORASIDENIB NO GLIOMA DE BAIXO GRAU COM MUTAÇÃO EM IDH1- OU IDH2.

VORASIDENIB NO GLIOMA DE BAIXO GRAU COM MUTAÇÃO EM IDH1- OU IDH2.

CONSUMO DE CARNE VERMELHA, DOENÇA CARDIOVASCULAR E DIABETES.
23/06/2023
ANVISA APREENDE NOVOS LOTES DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS FALSIFICADOS.
27/06/2023
CONSUMO DE CARNE VERMELHA, DOENÇA CARDIOVASCULAR E DIABETES.
23/06/2023
ANVISA APREENDE NOVOS LOTES DE MEDICAMENTOS INJETÁVEIS FALSIFICADOS.
27/06/2023

Os gliomas de grau 2 com mutação da isocitrato desidrogenase (IDH) são tumores cerebrais malignos que causam incapacidade considerável e morte prematura.

Um total de 331 pacientes foram designados para receber vorasidenib (168 pacientes) ou placebo (163 pacientes). Em um acompanhamento mediano de 14,2 meses, 226 pacientes (68,3%) continuaram a receber vorasidenib ou placebo. A sobrevida livre de progressão melhorou significativamente no grupo vorasidenib em comparação com o grupo placebo (sobrevida mediana livre de progressão, 27,7 meses vs. 11,1 meses; risco para progressão da doença ou morte, 0,35; intervalo de confiança de 95% [IC], 0,27 a 0,56; P<0,001). O tempo até a próxima intervenção melhorou significativamente no grupo vorasidenib em comparação com o grupo placebo (taxa de risco, 0,26; IC 95%, 0,15 a 0,43; P<0,001). Eventos adversos de grau 3 ou superior ocorreram em 22,8% dos pacientes que receberam vorasidenib e em 13,5% daqueles que receberam placebo. Um aumento no nível de alanina aminotransferase de grau 3 ou superior ocorreu em 9,6% dos pacientes que receberam vorasidenib e em nenhum paciente que recebeu placebo.

CONCLUSÕES

Em pacientes com glioma com mutação IDH de grau 2, o vorasidenib melhorou significativamente a sobrevida livre de progressão e atrasou o tempo para a próxima intervenção. The New England Journal of Medicine June 8, 2023 VOL. 388 NO. 23

doctorhub.com.br

Comments are closed.