Comorbidade psiquiátrica pode aumentar os riscos de mortalidade em pessoas com doença crônica | DoctorHub

Comorbidade psiquiátrica pode aumentar os riscos de mortalidade em pessoas com doença crônica

Melhor qualidade de vida em homens com câncer de próstata recebendo abiraterona em comparação com docetaxel
02/02/2022
Escolhendo o tratamento oral mais eficaz e seguro para BH idiopática
02/02/2022
Melhor qualidade de vida em homens com câncer de próstata recebendo abiraterona em comparação com docetaxel
02/02/2022
Escolhendo o tratamento oral mais eficaz e seguro para BH idiopática
02/02/2022

HealthDay; 2022 Jan 31

Riscos de mortalidade prematura, suicídio entre indivíduos com doenças não transmissíveis comuns podem ser aumentados por comorbidade psiquiátrica.

SEGUNDA-FEIRA, 31 de janeiro de 2022 (HealthDay News) — A comorbidade psiquiátrica está associada a maiores riscos de mortalidade prematura e suicídio entre indivíduos com doenças crônicas não transmissíveis, de acordo com um estudo publicado on-line em 27 de janeiro na PLOS Medicine .

Amir Sariaslan, Ph.D., da Universidade de Oxford, no Reino Unido, e colegas compararam os riscos de mortalidade prematura (aos 65 anos de idade ou menos) e suicídio em pessoas com doenças não transmissíveis comuns, com e sem transtornos psiquiátricos. A análise incluiu diagnósticos hospitalares e ambulatoriais de doenças respiratórias crônicas (249.825 pacientes), doenças cardiovasculares (568.818 pacientes) e diabetes (255.579 pacientes), com acompanhamento até 2013 para todos os indivíduos nascidos entre 1932 e 1995, bem como 10,3 milhões controles pareados e 1,1 milhão de irmãos biológicos não afetados.

Os pesquisadores descobriram que a mortalidade por todas as causas foi maior em indivíduos com doenças não transmissíveis e transtornos psiquiátricos comórbidos (15,4 a 21,1 por cento) do que naqueles com doenças não transmissíveis sem transtornos psiquiátricos comórbidos (5,5 a 9,1 por cento). A mortalidade por suicídio também foi maior (1,2 a 1,6 por cento versus 0,1 por cento naqueles com versus sem comorbidade psiquiátrica, respectivamente). Comparado com irmãos não afetados, o aumento do risco de mortalidade entre indivíduos com doenças não transmissíveis foi ainda maior para aqueles com versus sem comorbidades psiquiátricas.

“Melhorar a avaliação, tratamento e acompanhamento de pessoas com transtornos psiquiátricos comórbidos pode reduzir o risco de mortalidade em pessoas com doenças crônicas não transmissíveis”, escrevem os autores.

Gostou do conteúdo? Acesse o link abaixo e descubra muito mais. Temos materiais sobre diversos assuntos disponíveis para você, além de vários outros benefícios. Confira!

doctorhub.com.br

Comments are closed.