SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA A NO SUS DEVE BENEFICIAR 5,7 MILHÕES DE CRIANÇAS EM 2023

SUPLEMENTAÇÃO DE VITAMINA A NO SUS DEVE BENEFICIAR 5,7 MILHÕES DE CRIANÇAS EM 2023

ANVISA APROVA REGISTRO DEFINITIVO DE VACINA BIVALENTE CONTRA A COVID-19
21/07/2023
DONANEMAB NA DOENÇA DE ALZHEIMER SINTOMÁTICA PRECOCE
21/07/2023
ANVISA APROVA REGISTRO DEFINITIVO DE VACINA BIVALENTE CONTRA A COVID-19
21/07/2023
DONANEMAB NA DOENÇA DE ALZHEIMER SINTOMÁTICA PRECOCE
21/07/2023

O Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A (PNSVA) do Ministério da Saúde beneficiará cerca de 5,7 milhões de bebês e crianças em todo o Brasil para prevenir a deficiência de vitamina A, que pode levar a problemas de saúde graves, como cegueira e mortalidade infantil.

O Ministério da Saúde está implementando o Programa Nacional de Suplementação de Vitamina A (PNSVA) com o objetivo de prevenir a deficiência de vitamina A em bebês e crianças no Brasil, que pode levar a problemas de saúde como xeroftalmia, cegueira de origem nutricional e, em casos graves, mortalidade por diarreia e outras causas.

A suplementação de vitamina A é realizada nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) durante as consultas de puericultura, em crianças de 6 a 59 meses, através da oferta de megadoses de vitamina A. Todas as crianças nessas cidades podem receber a suplementação, independentemente de estarem cadastradas no Cadastro Único (CadÚnico).

Até o momento, já foram enviadas 5.256.630 doses de vitamina A aos estados e municípios, e a previsão é que esse número chegue a 9.515.000 até o final do ano. Além do fornecimento pelo Ministério da Saúde, o sucesso do programa depende da implementação adequada pelas gestões estaduais e municipais.

A deficiência de vitamina A no Brasil afeta aproximadamente 6% da população, sendo mais prevalente nas regiões Centro-Oeste e Sul. Estudos mostram que a suplementação de vitamina A reduz em 12% o risco de mortalidade por todas as causas e por diarreia, além de prevenir sintomas oculares e infecções.

Para obter sucesso com o programa, é fundamental que os gestores locais organizem as responsabilidades envolvidas no processo, como recebimento e conferência de estoque, atenção ao prazo de validade, busca ativa nas residências e escolas, atualização dos sistemas, entre outros.

Fonte: Suplementação de vitamina A no SUS deve beneficiar 5,7 milhões de crianças em 2023 — Ministério da Saúde (www.gov.br)

doctorhub.com.br

Comments are closed.