Apresentação atípica de Monkeypox cria confusão na atenção primária – DrHub

Apresentação atípica de Monkeypox cria confusão na atenção primária

A maquiagem cosmética aumenta a atratividade facial e as respostas neurais afetivas
01/09/2022
Uso de antibioticoprofilaxia em procedimentos dentários invasivos
02/09/2022
A maquiagem cosmética aumenta a atratividade facial e as respostas neurais afetivas
01/09/2022
Uso de antibioticoprofilaxia em procedimentos dentários invasivos
02/09/2022

Se você ainda não viu um caso de Monkeypox, é provável que isso mude. No sábado, 23 de julho, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou a doença uma Emergência de Saúde Pública de Importância Internacional. Quase 14% de todos os casos registrados em todo o mundo estão concentrados nas Américas, principalmente nos Estados Unidos e no Canadá. No entanto, o aumento de casos observado no Brasil nas últimas semanas também encontrou destaque.

Especialistas dão duas razões para o aumento de casos. A primeira é o aumento da vigilância epidemiológica e posterior notificação de casos. A segunda são as reuniões em grandes eventos do Mês do Orgulho LGBTQIA+ realizados ao longo de junho.

A OMS alertou que o número de casos está sendo subestimado, em parte devido à falta de experiência clínica dos profissionais de saúde na identificação dessa infecção, que havia sido registrada anteriormente em apenas alguns países. Mas esse não é o único problema. A apresentação da doença tem sido atípica, com muitos pacientes exibindo quadros clínicos que fogem da descrição clássica da doença (ou seja, febre e linfonodomegalia, seguidos por uma erupção cutânea centrífuga síncrona maciça). E agora há relatos de infecção assintomática em indivíduos de populações vulneráveis, com alta carga viral na região genital.

Para ler o texto completo, acesse a plataforma. Ainda não é cadastrado? Cadastre-se aqui .

Dra. Mariana Martins


Médica (CRM-MG 75002) e editora de conteúdo.

doctorhub.com.br

Comments are closed.